Depoimento Saulo

Nadia,
Não há de que…
É um prazer e meu natural no mundo, versar sobre ver!
Além de tudo, não é sempre que posso estar com as pessoas que gosto. Espero o filme e principalmente a oportunidade de ver o futuro de seu trabalho que de fato me tocou nas direções do que lhe disse. E me desculpe por não ter podido ir jantar com vocês:  perco sempre  com isso.
Depois que conversamos pensei uma coisa sobre a tua pergunta do “porque desenho”: porque desenhar é pensar. E tudo aquilo que pensa sente e o que sente pensa. Mas este pensar através do desenho não é um pensar por que não se pensa é antes de tudo um caminho da afinação interior. A matéria deste mundo exige que a forma seja colocada no espaço de acordo com as dimensões do tempo e acredito piamente que o desenho seja a ferramenta mais poderosa de escavação da psique humana diante do se apresenta para si no gota minúscula de tempo da sua existência. Acho bonita o cromatismo dos óxidos de ferro nas tua cerâmica porque estamos na era do aço. E a arte é impiedosa! O inox, por incrível que pareça, é um material do presente. Então ver a amalgama de duas dimensões do tempo é sempre instigante. Mas o inox não tem nada a ver com o calor dos fornos de raku. Enfim, a cerâmica tem um desaparecimento da produção contemporânea e tenho me perguntado porque. Seria muito raso dizer que é uma matéria superada mas em todo caso seria sedutor não lhe provocar sobre a relação do que você faz e a escultura de hoje. Aliás, ouvi falar hoje de um mantra proibido da Ana Maria Tavares. Esta é outra artista que você poderia ver.

Abraços para você também Nadia e até já.

Saulo

2008/2/29, nadia nadia <nadiasaadsp@yahoo.com.br>:

Oi Saulo,

Estou enviando para vc algumas fotos da queima de raku da grande esfera flamejante (daquele DVD que eu te falei).

Numa próxima oportunidade mando o filminho.

Abraços e obrigada pela visita, e principalmente pelo seu olhar generoso e abrangente sobre meu trabalho.

Nadia

Atêlie Matéria da Terra - Esculturas e Cerâmicas - cel.: +55 11 9915 9910
Copyright 2019 - Nadia Saad - Todos os direitos reservados