Fabricação

A produção industrial das manilhas é um longo processo cujo início é a extração da argila um ano antes de ser utilizada, seguida de constantes testes químicos e físicos para garantir a precisão e a qualidade elevada das massas.
A produção ocupa uma área coberta de 20.000 m² dentro de uma área total de 50.000 m².
A Parapuan possui 15 fornos sendo 6 do tipo "garrafão" (com chaminé individual, em cima do forno) de 7,5m de diâmetro e 2,4m de altura, 7 garrafões de 9,5m de diâmetro por 2,80m de altura e dois fornos redondos com 10m de diâmetro e 2,80m de altura com chaminé separada do forno.

A quantidade de material por forno vai depender do tamanho da peça a ser enfornada. São queimadas a 1200 C° e o ciclo de queima vai depender da espessura do material e da temperatura final da queima, podendo variar de 4 a 8 dias, sem considerar o tempo de resfriamento do forno que é quase o mesmo.
 Pensando nas questões ambientais, a queima é realizada em forno a lenha com madeira de reflorestamento.

As manilhas são fabricadas em marombas à vácuo, de grande capacidade de pressão na extrusão. A Parapuan possui 4 extrusoras verticais da marca alemã Rieterwerk e 3 extrusoras horizontais da marca Bonfanti.
Há também o setor das conexões onde são produzidas o selim de 45° e 90°, “T” e junção, curvas de  45° e 90° e outras, cuidadosamente trabalhadas por funcionários capacitados através de uma política de treinamento constante.

Nadia Design em Cerâmica Conheça todos trabalhos e trajetória da artitsta"
Atêlie Matéria da Terra - Esculturas e Cerâmicas - cel.: +55 11 9915 9910
Copyright 2017 - Nadia Saad - Todos os direitos reservados